.

"POIS AS MAIORES DESCOBERTAS FORAM FEITAS POR QUEM ESTAVA SIMPLESMENTE FUÇANDO ..." - LUCAS STEFANO DA COSTA AMORIM - AUTOR DO BLOG " PODE FUÇAR ..." Sinta-se a vontade para comentar , opinar , esculhambar , ou recomendar este blog. Caso você queira comentar , porém não deseja se identificar , basta ir em "Comentários," e ao selecionar uma opção de perfis selecionar a opção "Anônimo" . Não o repreenderei por isso. Afinal, todos temos liberdade de expressar nossas opiniões como quisermos. Comentar não engorda. As pessoas sim ficam gordas ( não encare isso como uma apologia a anorexia , é apenas um trechinho de humor . )

terça-feira, 15 de março de 2011

3ª aula de música : Intervalos Musicais.

Por Lucas , Bragança ( Pará )

Oi pessoal. Dessa vez vim sem atraso aqui para publicar o meu post sbre a minha aula de música de hoje. Então vamos lá ...


Assunto : Intervalos Musicais
1- Definição de intervalo Musical:
1.2- Intervalo Melódico
1.3- Intervalo Melódico simples
1.4- Intervalo Melódico composto
1.5- Intervalo Harmônico
1.6- Intervalo Melódico Ascendente
1.7- Intervalo Melódico Descendente
1.8-  Intervalos e  sua relação com as alterações ( ou acidentes ) musicais


1- Definição de Intervalo Musical :
Intervalo é a diferença de altura entre dois sons
Conforme o número de "espaços" de sons que o intervalo abrange , o mesmo pode ser de segunda , terceira, quarta ou quinta e etc...
Ex:

O intervalo , de acordo com a maneira de reprodução dos sons pode ser dividida em dois tipos : melódico e harmônico

1.2- Intervalo melódico:

Quando as notas de um intervalo são executadas em forma de melodia , ou uma nota seguida da outra. No caso do intervalo melódico, o mesmo pode ser de dois tipos: simples e composto:

1.3- Intervalo Melódico simples 

Quando a diferença entre dois sons não alcança mais que uma oitava ( ou oito sons contado a partir da nota inicial mais grave que o intervalo apresenta . ). Ex:


1.4- Intervalo Melódico composto

Quando a diferença entre os dois sons exemplificados ultrapassam o limite de uma oitava :



1.5- Intervalo Harmônico 

 O intervalo harmônico é aquele tipo de intervalo em que os sons são executados em harmonia,ou simultaneamente , diferente do intervalo melódico, no qual os sons são executados sucessivamente. Ex:
No caso do intervalo harmônico há também as regrinhas listadas acima do Intervalo Melódico. Há também a divisão entre intervalo simples ( de uma oitava ) e composto ( de mais de uma oitava ):

Há um sistema de praxe em relação aos intervalos , exclusivamente os melódicos, que convém caracterizá-los de acordo com o sentido de crescimento do som emitido ( no caso frequencia, ou altura  ) . Seguindo essa praxe o intervalo melódico pode ser ascendente ou descendente.


1.6- Intervalo Melódico Ascendente

 Quando as notas apresentadas no intervalo vão em sentido ascendente ( "subindo" por assim diz ,na escala cromática )



1.7- Intervalo Melódico Descendente

Neste caso é o oposto do intervalo melódico apresentado anteriormente . Neste caso as notas vão em sentido descendente ( descendo ) na escala cromática representada na pauta.
( Obs: Só há classificação de intervalos descendentes e ascendentes no caso dos intervalos melódicos, já que os sons são executados em sequência. Não há sentido ascendente ou descendente no caso dos intervalos harmônicos , já que ocorre a execução simultânea de vários sons ) . Para comparar eu mostrarei uma foto mostrando exemplos de intervalos melódicos ascendentes e descendentes e um intervalo harmônico:



1.8- Intervalos e sua relação com as alterações ( ou acidentes ) musicais



Dependendo do número de tons e semintons que compõe o intervalo, o mesmo pode ser classificado em : maior, menor, justo , aumentado e diminuto.

Intervalos de 2ª , 3ª , 6ª e 7ª ( a primeira nota destes tipos de intervalo já começa como maior , seguindo a ordem  maior , menor, aumentado  e  diminuto )

Intervalos de 4ª , 5ª e 7ª ( as notas destes tipos de intervalo já começa como justo, depois segue a ordem , aumentado e diminuto )

Você deve estar se peruntando : mas que por** é "diminuto" , "aumentado"...
Calma , isso é bem simples. Quando uma nota de um determinado intervalo recebe ao seu lado um sinal de alterção ( Reveja o post sobre alerações musicais aqui ) ela modifica conforme as referências abaixo:

Quando uma nota recebe um sustenido do seu lado na partitura, ela fica "aumentada"
Quando ela recebe um bemol ela fica "menor"
Quando ela recebe dois bemóis ela fica "diminuta".

Só em casos especiais conforme nos especificados acima dos tipos de intervalos, é que há alguma alteração na mudança ou não de altura.

Para compreender com mais clareza a este post , basta rever os outros posts da série "Minha aula de música" no link abaixo:
( Detalhe : reveja na ordem correta de publicação ):

 http://lucasmqr2.blogspot.com/search/label/Minha%20aula%20de%20m%C3%BAsica

E para informações complementares visite o link :
http://pt.wikipedia.org/wiki/Intervalo_(m%C3%BAsica)


Até mais, e qualquer dúvida basta comentar . Farei o possível para lhe responder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário